Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘forte’

longeComo é o meu dia sem ti?

Igual! Igual a todos os outros..

Quando não estás do meu lado, o  meu dia mantém-se igual, lindo e magnifico, com o Sol sempre a sorrir para mim. Pois sei que no final desse mesmo dia, poderei voltar para os teus braços, que é onde eu pertenço.

Sem ti do meu lado, o mar não se altera, continuando com a sua força infinita. Tal e qual o nosso amor, pois mesmo separados, o amor que nos une, não perde o seu poder.

Na tua ausência, a minha vida continua ligada a um destino, o nosso destino, e os meus passos continuam iguais, sempre em direcção a um só caminho.. o da nossa Felicidade.

Quando não estás comigo a Natureza nada perde, e o seu perfume continua constante, pois é nele que está guardado em segredo, o aroma do teu corpo.

O meu dia, sem ti, é sempre igual… O que muda são as saudades…

Mato as saudades,  junto do mar, para me recordar do quanto o nosso amor é forte e intenso!

E na companhia do Sol, a tocar-me no corpo para o aquecer.. Mas isso aumenta ainda mais as saudades. Pois cada raio de Sol que sinto a tocar em cada ponto da minha pele, faz-me lembrar o toque suave e terno  das tuas mãos..

E depois aparece a brisa, trazendo lembranças da tua voz doce e meiga, a sossurrar-me ao ouvido aquelas palavras de amor e carinho que só tu me dizes.. como é bom!!!

Estás sempre presente em cada  pedacinho da Natureza…

O que sou sem ti?

Sou a mesma de sempre.. Nada muda..

Quando não estás comigo continuo a suspirar, pois sei que também suspiras comigo, numa sintonia de amor correspondido.

Sem ti do meu lado, o meu coração bate a cada segundo, gritando, a cada ciclo sistólico, o teu nome, sempre desejoso que chegue a hora de poder reencontrar a pureza e consolo do teu coração..

Quando não estás comigo, continuo a sorrir a cada instante, porque ao ver-me sorrir, consigo, igualmente, ver-te sorrir.. só tu alimentas o meu sorriso.. és a metade do meu sorriso.

Na tua ausência continuo a dedicar-te horas infinitas de amor verdadeiro, minutos eternos de respeito e segundos sofredores de saudades…

Sim, sem ti nada muda em mim, pois tu estás sempre comigo, sempre dentro do meu/teu coração..  Só a ti ele pertence e só o teu nome está lá gravado!

Estás sempre em mim….

Mas como me fazes falta…

Sei que tudo muda… quando chega, finalmente, a noite.. Onde poderei caminhar até ti, até onde me sinto completa e segura.. já que és, sem quaisqueres dúvidas, o meu porto de abrigo!

E juntos, dedicamos cada momento da noite a nós… Só a nós!

Mas sempre banhados com a presença da nossa amiga e testemunha do nosso amor, a Lua…

Só ela sabe que somente tu alimentas o meu corpo, que só tu dás o verdadeiro brilho aos meus olhos, e a verdadeira vontade de sorrir…

Só ela… é que sabe o quanto te amo e o quanto me fazes feliz…

E a ti..

Agradeço por TUDO que tens feito e especialemte por seres quem és, de coração!

Obrigada por construires comigo a nossa vida, e por caminhares sempre do meu lado, de mãos dadas, no caminho, só nosso, rumo à Felicidades.. à nossa Felicidade!

Marta Costa

Anúncios

Read Full Post »

vidaA vida não é uma constante.

Não podemos julgar a nossa vida pelos momentos em que vivemos em tristeza.

Um Ano, um mês, um dia, uma hora, um minuto, um segundo, ou um milésimo de segundo, não servem para julgamento de uma vida inteira.

O desenrolar da nossa vida vai apresentando diversos contrastes, temos momentos de tristeza, como depressa temos momentos de alegria.

O segredo é sermos fortes para conseguirmos entender a filosofia da vida!

Ao sermos fortes, estamos a vencer as dificuldades, encontrando assim uma vida com Felicidade.

Só os fortes conseguem descobrir isso, pois a Felicidade está na satisfação de conseguirmos lutar e vencer os momentos de maior dor e dificuldade.

Vencendo isso tudo, a vida altera-se, tudo parece novo e duma beleza rara, e os nossos pensamentos são invadidos por uma corrente de optimismo.

Daí nasce-nos uma forte vontade de viver, de sermos felizes e uma vontade de vencer sempre!

Porque não aproveitar a vida?

Pois só temos esta oportunidade de sermos felizes, e por conseguinte, fazermos também os outros felizes!

Lembrem-se:

«One Life, Live it Well»

Marta Costa

Read Full Post »

Os doisQuem não conhece estes dois ditados:

«O amor não escolhe lugar para acontecer, muito menos pessoas!»

«O amor não escolhe idades!»

Pois é, para haver amor, tem que haver também duas pessoas, independentemente do sexo, da idade, da cor, da raça, do aspecto fisico, etc…

Como exemplo, e prova disso, deixo-vos uma história verdadeira de amor, em que nada dos factores acima referidos foram impeditivos de duas pessoas formarem-se numa só e serem felizes.

“Dois, Ele & Ela”

Ele e Ela são duas pessoas em que a vida lhes concedeu a oportunidade de verem a luz do dia, pela primeira vez nas suas vidas, em épocas totalmente diferentes. Mas, sempre perto um do outro, sem eles saberem disso.

Ambos viveram as suas vidas sonhando em encontrar a Felicidade ao lado da «tal» pessoa, a pessoa certa.

Tiveram os seus amores e desamores sem saberem o que a vida ainda lhes reservava.

Até que um dia, sem esperarem, tudo se alterou.

Conheceram-se!

Tudo não passava de um «olá», «Bom dia», «boa tarde», «Boa noite», «Até amanha», enfim, coisas banais nesta vida!

Deixando essas banalidades de lado, começaran então a falar com mais frequência, sobre interesses que por sinal, ou destino, eram iguais.

Ela deixou-se cativar pela maneira gentil de ele falar, o seu olhar meiguinho mas muito observador, algo nele a cativava ainda mais o interesse de o conhecer melhor, mas ela não sabia ao certo o que era.

Quanto a ele, deixou-se cativar pelo seu sorriso, pelo seu olhar que lhe transmitia o que ela sentia por dentro, e a sua maneira doce de ser.

Seguido isso surgiu uma amizade, consequência de uma brincadeira que gerou uma aposta de flores, em que um deles, obviamente, ganhou ! Ou melhor, ganharam os dois, sem eles saberem.

Decidiram então conhecerem-se mais e melhor, com o objectivo de «cultivar» a nova amizade que viria a nascer entre eles.

Mas algo se passava que ambos não sabiam explicar…

Cada vez que se encontravam, os momentos a dois eram cada vez melhores, e a vontade de estarem novamente juntos surgia constantemente.

Com o passar do tempo os sentimentos apareceram e ultrapassaram a barreira da amizade, já que sentiam algo mais além de uma simples amizade.

Foi aí que ele decidui dar o primeiro passo, e, numa noite, sem ela contar, roubou-lhe delicadamente um beijo.

Ambos deixaram falar os seus corações!

Nasceu então, o que chamamos de «Paixão»! Foi aí que começou uma nova vida para ambos, deixaram de ser «ele» e «ela», passando assim a serem «Eles».

A adaptação a essa nova vida em comum, teve as suas dificuldades devido ao facto de terem uma diferença de idades muito desigual do que é habitual de hoje em dia. Mas isso não foi, nem será motivo para eles deixarem de tentar, juntos, serem felizes. Pois a idade só interessa no B.I.

Apesar de terem nascido e vivido em épocas muito diferentes, eles têm muito em comum. Gostam quase das mesmas coisas, partilham opiniões, ideias e ideais idênticos, são ambos divertidos e com uma vontade de viver única que os torna ainda mais unidos.

Cada um tem a sua personalidade, mas tentam sempre viver em harmonia, limando arestas que com o tempo irão desaparecer!

Com o passar do tempo, a Paixão deu o seu lugar ao Amor!!! Decidiram, então, apostar nesse amor, contra tudo e todos.

Pois infelizmente a nossa sociedade ainda está um pouco atrasada na mentalidade, e há quem não aceite com bons olhos uma relação entre duas pessoas com grande diferença de idades.

Mas para eles isso não importa!

O que realmente lhes importa é serem felizes juntos, respeitando-se e sendo honestos sempre um com o outro!

O amor entre eles cresce a cada dia que passa, e como o amor destroí barreiras, sei, caros amigos, que eles jamais deixarão que alguém ou algo interfira na sua Felicidade e Paz.

E para isso irão lutar todos os dias um pelo outro e pelo que eles acreditam que é verdadeiro, forte e puro…. o Amor que os uniu!!!

Marta Costa

Read Full Post »