Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘vitória’

mais um AnoMais um ano que hoje chega ao fim, e em que o tempo teima em me comtemplar com mais um Aniversário.

14 de Abril, uma data em que nalguns casos é, certamente, um marco histórico de acontecimentos marcadamente bons e noutros casos, infelizmente, menos bons.

Nomeadamente a nível pessoal, este dia tem um outro significado importante para mim.

Um significado de vitória e de gratificação pessoal.

A sua importância não se deve, simplesmente, ao facto de ser o dia em que é chegada a altura de eu festejar mais um aniversário, a soma de um número à idade defenida pelo bilhete de identidade.

Mas sim, é-me importante por se tradudir na minha vitória de mais um ano de batalhas, e de ter sobrevivido a mais trezentos e sessenta e cinco dias de obstáculos, que me foram apresentados pela vida.

Sobrevivi e venci, esse é o grande significado e motivo de festejo neste meu dia.

Outrora, em tempos de criança, desejava ansiosamente a chegada deste dia, por questões de carácter material, em que imginava qual seria o objecto com que me iriam presentear, no meu mais desejado dia.

No entanto, e graças às aprendizagens de amadurecimento pessoal, fui deixando de parte a valorização material, e fui dando mais importância à valorização espiritual e sentimental.

Agora e no decorrer dos anos, vejo o meu dia, o meu aniversário, como uma benção divina de Deus, meu pai.

Uma benção por eu ser merecedora de poder viver e assistir, junto daqueles que amo e que me fazem sentir verdadeiramente feliz, mais uma passagem da minha vida existencial.

Com a chegada deste dia, festejo-o espiritualmente com o termo de mais uma étapa passada e vencida vitoriosamente, e o inicio de uma nova étapa com força e gratificação de todas as conquistas e ensinamentos, adquiridos ao longo do ano que hoje finaliza.

Hoje é um dia feliz para mim, não porque vou ficar um ano mais velha, nos meus documentos identificativos, mas sim porque vou festejar este meu dia de vitória, junto daqueles que sempre me acompanharam ao longo da jornada da minha vida, e que juntos partilhamos e enfrentamos as dificuldades e divergências da nossa existência.

A todos eles, um «obrigado» honesto por ainda continuarem a caminhar, passo a passo, no caminho partilhado das nossas vidas, e por assistirem, em primeira fila, às minhas vitórias.

E agradeço, de coração, por me deixarem partilhar com todos vocês este meu dia vitorioso com alegria e fraternidade.

Não esquecendo, obviamente, de uma pessoa muito especial para mim, da qual devoto um amor incondicional, e da qual sou incansavelmente grata, por me dar força de viver dia após dia.

Uma pessoa da qual tenho imenso orgulho, e que é a imagem de alguém que, um dia, eu gostaria de ser. Pois essa pessoa sabe, melhor que ninguém, o que é lutar e vencer as dificuldades da vida, sem desistir perante os obstáculos.

Sim, és tu essa pessoa, e sei que tu sabes que é a ti a quem me refiro!

Obrigada, de coração, por tudo e por trazeres felicidade e brilho a todos os dias da minha vida, e por hoje partilhares comigo este meu dia, o meu aniversário!

Hoje, 14 de Abril, renasço para um novo ano cheio de surpresas e desafios, dos quais sei que irei enfrentá-los e vencê-los de cabeça erguida, para que no próximo ano, eu seja novamente merecedora e vitoriosa desta vida!

Marta Costa

Anúncios

Read Full Post »

existenciaSempre nos fizeram acreditar  que cada um de nós tem, algures, um livro divino.

Livro esse que nunca ninguém o viu, mas que dizem conter o nosso destino, o destino de cada um de nós.
Verdade, ou inverdade, não sei…

Contudo, acredito no destino, embora também acredite que cada um tem o poder, mental ou físico, de mudar ou alterar algo, no tal destino, escrito no nosso livro.

Existimos para dar continuidade a um nome, a um mundo, a um sitio, a um lugar e a algo.

Mas porque tem que ser a nossa existência tão sofrida?

Dizem que quando Deus fecha uma porta, abre de seguida uma janela.. Bem, tem alturas que parece que Ele se esquece de abrir a tal janela.

No entanto, uma vida sem obstáculos, sem dificuldades, sem problemas, perderia a sua piada, e as coisas perderiam o seu valor.

É uma verdade, pois sempre que algo teima em se colocar no nosso caminho, obriga-nos a lutar, a superar esse mesmo algo.. E, no final, a vitória tem um sabor, que só quem sabe vencer, o sabe saborear. Desse modo, as coisas têm muito mais valor, pois foram conquistadas com o nosso esforço, dedicação e luta.

Mas, porque temos que ter tantas dificuldades na nossa vida, porque a nossa existência tem que ser feita de luta após luta?

Para que possamos dar o valor à vida e às pessoas.. Valor a nós mesmos, como lutadores e vencedores desta vida. Para, que, ao nascer de um novo dia, possamos abrir os olhos e dizer para nós próprios…

«Sobrevivi a mais um dia, e estou pronto para um novo dia de «luta».»

Não devemos deixar que a nossa existência passe despercebida.. Pois, os grandes heróis não são aqueles que aparecem  todos os dias na televisão, aos que chamamos de «famosos», pois para esses a vida é toda comprada, ou seja, não dão o valor certo à vida e ao que possuem..

Heróis são aqueles que, não sendo famosos, lutam diariamente por uma vida digna, por alguém ou por algo..

Mas lutam até ao fim.. sempre com uma força de vontade de vencer, tão grandiosa, que nada nem ninguém poderá fazer frente. Esses sim, são os heróis da vida!

Tem alturas, que nem as nossas prórpias forças nos servem de ajuda para lutar e levantar a cabeça às dificuldades..

E aí, elevamos os olhos ao céu e perguntamos…

«Porque existo?»

«O que fiz eu para ter que sofrer desalmadamente e lutar tanto nesta vida?»

«Porque respiro, se poderia dar o ar que consumo a quem mais precisa?»

« Porque vivo, se poderia dar o meu lugar de vida a quem vê a sua a chegar ao fim?»

« Porque vejo, se poderia dar os meus olhos a quem deseja ver a luz do sol e as cores da vida?»

Perguntas desesperantes provenientes de um momento desesperante da nossa vida! Momento esse em que somos obrigados a lutar ainda mais, mais do que estamos acostumados, momento em que quase desistimos de tudo.

Momento real, mas de palavras irreais.. Pois nada nem ninguém nos poderá derrotar ou recuar na nossa luta.. Porque a nossa força é de uma imensidão que nem nós sabemos o seu limite..

Devemos  sim, usá-la até que a nossa vitória seja consagrada… Lutar é algo que quando aprendemos, devemos e temos, que colocar sempre em prática, para que a nossa existência seja lembrada e honrada por aqueles que nos recordarão.

Nada é fácil, a vida não é fácil, mas lutar é algo que está em nós, basta ter força de vontade de vencer sempre, ao longo da nossa existência.. Para que, no final, essa mesma existência seja bela e com valor..
que pertence a alguém, que nunca desistiu e que fez da vida uma luta constante por algo… Por uma vida de Felicidade plena de dignidade!

E lembrem-se:

«Nada é permanente nesse mundo cruel.Nem mesmo os nossos problemas» Charles Chaplin

«Bom mesmo é ir a luta com determinação, abraçar
a vida com paixão, perder
com classe e vencer com ousadia,
pois o triunfo pertence a quem se atreve…
A vida é «muita» para ser
insignificante.»
Charles Chaplin

Marta Costa

Read Full Post »